Livros e Artigos

[disponibilizo livros e artigos para download em Academia.edu e Scribd]

Páginas

sábado, 15 de setembro de 2012

Penas no Código Sarney-Dipp

Segue o vídeo completo da palestra proferida no Seminário Crítico da Reforma Penal (EMERJ, dia 14.09.12), organizado pelo professor Juarez Tavares.

 

10 comentários:

Eduardo Schmidt Jobim disse...

Excelente Salo, fantástica, belissima aula. Curti muito te ouvir, quando vens novamente a Santa Maria? Um forte abraço.

Salo Carvalho disse...

valeu parceiro. só dependo de convite...

Danilo N. Cruz disse...

Grande Salo,

Essa passagem do Min. Humberto de Barros revela a estultice que é o "argumento de autoridade", este negado de há muito, desde Aristóteles, mas "tamo junto" nesta batalha...

Grande abraço,

Danilo

Anônimo disse...

Excelente, como sempre! Podes me dizer o número do boletim IBCCRIM em que está o artigo que referiste na palestra? (Responsabilidade político-criminal). Esse assunto tem me feito refletir muito nos últimos tempos, e, por isso, adoraria por ler o que escreveste.
Abraço!
Juliana Kiefer

Salo Carvalho disse...

juliana, disponibilizei.

Diogo França disse...

Salo, entrei pela madrugada (mesmo sem poder) acompanhando esses videos e os do ibccrim. Muito empolgante ver a sua participação no papel de intelectual com as botas sujas de lama do embate público. No entanto, acho que é essencial a construção de 2 frentes de batalha: 1- a formação de uma comissão alternativa com a participaçã de grandes nomes da academia, de forma oficial, proposta com apoio de parlamentares, nos moldes da atual; 2 - a insistencia nessa pauta da discussão de custo, que já é um rebaixamento brutal, mas é a arma que se tem na correlação de forças atual.

Diogo França disse...

Salo, entrei pela madrugada (mesmo sem poder) acompanhando esses videos e os do ibccrim. Muito empolgante ver a sua participação no papel de intelectual com as botas sujas de lama do embate público. No entanto, acho que é essencial a construção de 2 frentes de batalha: 1- a formação de uma comissão alternativa com a participaçã de grandes nomes da academia, de forma oficial, proposta com apoio de parlamentares, nos moldes da atual; 2 - a insistencia nessa pauta da discussão de custo, que já é um rebaixamento brutal, mas é a arma que se tem na correlação de forças atual.

Diogo França disse...

Salo, entrei pela madrugada (mesmo sem poder) acompanhando esses videos e os do ibccrim. Muito empolgante ver a sua participação no papel de intelectual com as botas sujas de lama do embate público. No entanto, acho que é essencial a construção de 2 frentes de batalha: 1- a formação de uma comissão alternativa com a participaçã de grandes nomes da academia, de forma oficial, proposta com apoio de parlamentares, nos moldes da atual; 2 - a insistencia nessa pauta da discussão de custo, que já é um rebaixamento brutal, mas é a arma que se tem na correlação de forças atual.

Diogo França disse...

Salo, entrei pela madrugada (mesmo sem poder) acompanhando esses videos e os do ibccrim. Muito empolgante ver a sua participação no papel de intelectual com as botas sujas de lama do embate público. No entanto, acho que é essencial a construção de 2 frentes de batalha: 1- a formação de uma comissão alternativa com a participaçã de grandes nomes da academia, de forma oficial, proposta com apoio de parlamentares, nos moldes da atual; 2 - a insistencia nessa pauta da discussão de custo, que já é um rebaixamento brutal, mas é a arma que se tem na correlação de forças atual.

Diogo França disse...

Salo, entrei pela madrugada (mesmo sem poder) acompanhando esses videos e os do ibccrim. Muito empolgante ver a sua participação no papel de intelectual com as botas sujas de lama do embate público. No entanto, acho que é essencial a construção de 2 frentes de batalha: 1- a formação de uma comissão alternativa com a participaçã de grandes nomes da academia, de forma oficial, proposta com apoio de parlamentares, nos moldes da atual; 2 - a insistencia nessa pauta da discussão de custo, que já é um rebaixamento brutal, mas é a arma que se tem na correlação de forças atual.