Livros e Artigos

[disponibilizo livros e artigos para download em Academia.edu e Scribd]

Páginas

quinta-feira, 5 de novembro de 2009

Criminologias - Seminário


SEMINÁRIOS ABERTOS DE CRIMINOLOGIA
PUCRS - FACULDADE DE DIREITO
PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS CRIMINAIS - MESTRADO E DOUTORADO
Linha de Pesquisa: Criminologia e Controle Social
Coordenação: Salo de Carvalho

CRIMINOLOGIA DAS DROGAS; CRIMINOLOGIA E CRÍTICA; CRIMINOLOGIA
E FEMINISMO


09/11/09 – CRIMINOLOGIA DAS DROGAS
Horário: 19h às 21h
Apresentação: Marcelo Mayora
Debatedores: Raccius Potter, Janaina Oliveira e Gustavo Nagelstein
Leitura: MAYORA, Marcelo. Direito Penal das drogas e Constituição: em busca
de caminhos antiproibicionistas. in FAYET Jr., Ney & MAIA, André Machado
(coords.). Ciências Penais e Sociedade Complexa II. Porto Alegre: Nuria
Fabris, 2009, pp. 241-257
.

11/11/09 – CRIMINOLOGIA E CRÍTICA
Horário: 19h às 21h
Apresentação: Alexandre Costi Pandolfo
Debatedores: Marçal Carvalho e Marco Scapini
Leitura: PANDOLFO, Alexandre Costi. A Retomada da Temporalidade na
Leitura Criminológica: aproximando Literatura e Criminologia. in Anais do
Congresso Latino-Americano de Pluralismo Jurídico e Direitos Humanos,
UFSC, Florianópolis, 2008
.
É recomendado a leitura prévia dos textos indicados, que podem ser
acessados em http://antiblogdecriminologia.blogspot.com/

Não será fornecido certificado de participação.

Local: PUCRS – prédio 11 – sala 1035 (10º andar)
ENTRADA FRANCA

4 comentários:

GWB disse...

perguntar é facil eu sei, mas como sei pouco disso, a ignorancia me ajuda a fazer umas perguntas desinibidas e talvez demonstrativas da minha falta de conhecimento disso.
o q é isso do abolicionismo?
és desta corrente?
qual a sua hipótese de implantação?
é uma utopia?

Pandolfo disse...

hahahahahahahaha...
excelentes instigações.

SC disse...

Guta, querido, boas perguntas. Tentando ser sintético: abolicionismo é uma corrente criminológica e político-criminal crítica que pretende a substituição dos sistema punitivo por sistemas alternativos de gestão dos conflitos. Há inúmeros 'abolicionismos' - dos mais soft's aos mais 'radicais' (daqueles que propõem o fim dos presídios aos que propugnam o fim do próprio direito penal).
Se sou abolicionista? Acho que sim. Muitos tem certeza que sou: acredito que tenham razão.
Bueno, toda idéia nasce como 'utopia'. Mas hoje há avanços importantes devido às críticas e propostas abolicionistas: penas alternativas, justiça restaurativa, abolição de prisão perpétua e da pena de morte, descriminalização das drogas e do aborto etc. A lei de reforma psiquiátrica, que acabou com os manicômios - inicialmente na Itália e hoje no Brasil - é concreta experiência abolicionista
Enfim..., em curto espaço acho que era isso.
Saudades tuas!
Muito legal a foto anárquica nos muros de Lisboa do teu blog.
SC

GWB disse...

ótima síntese. fiquei entendendo a questao.
andava procurando na internet isso, mas era tudo muito palavroso.
eu nem me lembrava mais daquela minha foto. ja a publiquei alguma vez, foi?
saudades e obrigado pelas explicaçoes