Livros e Artigos

[disponibilizo livros e artigos para download em Academia.edu e Scribd]

Páginas

terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

Kindle


Quem me conhece sabe que questões tecnológicas me atraem muito. Sobretudo se puderem ser utilizadas na atividade acadêmica - como é o caso do blog.
Com todos que têm o hábito da leitura, fiquei com um pouco de receio dos readers, como o Kindle. Mas resolvi comprar pela Amazon, assim como estou acostumado a adquirir livros pelo site. A questão é que livros nós não pagamos IPI. E como só compro livros, estranhei que o preço do reader quase duplicou - o Kindle é qualificado como eletrônico. Como vinha para os EUA, esperei para adquirir aqui, sem os impostos - como se compra pela Amazon, há necessidade de indicar endereço para recebimento e indiquei o do Hotel.
Bueno, comprei o leitor. E estou fazendo propaganda explicitamente.
A máquina é bastante amigável no manuseio e de ótima leitura. Não há dificuldade alguma.
Estava com um pouco de medo pois tenho o hábito de escrever nos livros, glosando, sublinhando, anotando. Com o Kindle não apenas é possível sublinhar o texto como abrir janelas e fazer anotações.
O primeiro livro que comprei foi o único jurídico em português, do Alexandre Morais da Rosa. Grande livro (excelente a análise) e grande iniciativa do Alexandre.
O que é muito legal é que qualquer artigo em word ou pdf pode ser convertido (quase imediatamente) em formado Kindle. Mais (e o que tenho utilizado muito): no próprio reader há um dicionário Oxford atualizado. Assim, a leitura dos artigos dos periódicos de criminologia - praticamente todos em língua inglesa - é muito facilitada, pois o próprio 'livro' realiza a tradução do termo duvidoso.
Além disso, em viagens longas, o peso diminui muito.
A maquininha facilitou muito minha vida no último mês.

10 comentários:

alexandremoraisdarosa disse...

Isto mesmo Salo. O Kindle é muito operacional. Tenho usado para ler trabalhos acadêmicos (dissertações e teses). As anotações já ficam no próprio aparelho e depois levo apenas o leitor para banca. Valeu pela divulgação do livro. Quer quiser saber mais pode ir no meu blog. Agora esperamos um livro do Salo no Kindle. Abs

-MOX- disse...

Pois é, tenho bastante curiosidade de conhecer.

Aliás, tem um montão de sites com pdfs fantásticos espalhados na internet. Vai aí uma sugestão, caso não conheças ainda:

http://a.aaaarg.org/

Érica, disse...

Eu também estou apaixonada por esse brinquedinho.
O problema é que não sou lá essas coisas para novas tecnologias, hehehe.
Proponho uma aula de "criminologia" para iniciantes do Kindle.
bjos

A.Beheregaray disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
A.Beheregaray disse...

Salo, estou quase convencida. Também adoro marcar os livros,sublinhar e tal, e isso até hoje me manteve longe do brinquedinho. Mas o fato de diminuir o peso nas viagens, pesa. Na minha última, abriram minha mala para "furtar", estava chovendo e todos os meus livros ficaram molhados! O Kindle me pouparia essa tristeza...
Bjs,

Galochas disse...

Bah eu tb queria um desses!

Sobre os tributos tem um cara que conseguiu liminar pra importar sem pagar. A justiça federal de SP entendeu que a imunidade tributária dos livros pode se estender pro kindle.

http://www.leonardi.adv.br/blog/liminar-para-importacao-do-kindle-sem-o-recolhimento-de-impostos/

Géssica disse...

oi salo, legal ver isso aqui, to pensando seriamente em adquirir o ipad, que acredito ter essa mesma utilidade, mas estou com receio de nao conseguir me adaptar. ja estou aqui em portugal e uma boa parte da turma já usa dessa facilidade tecnologica.

Dione Poisl (Noni) disse...

A d o r e i este post pq estou pensando no Kindle tb. Sabes q sou leitora voraz; e leio um mix de coisas... Sou eclética. E está ficando caro adquirir todos os livros q desejo(professores ganham muitos, mas alunos...) Precisava ler isso para me ajudar na decisão.

Fernanda disse...

Acho que vai gostar disto: www.skoob.com.br

É um site de relacionamentos em que você troca dicas de leituras com outras pessoas. Bem interessante.

SC disse...

valeu!