Livros e Artigos

[disponibilizo livros e artigos para download em Academia.edu e Scribd]

Páginas

domingo, 28 de fevereiro de 2010

Orgasmo e Corporativismo Feminino


Domingão.
Em casa curtindo a ressaca do churras do pessoal do ICA na casa da Raffa; acertando os gráficos do ensaio do Pós-Doc; vendo a final do Hockey masculino entre EUA e Canadá na Sport TV; acompanhando a final da Taça Fernando Carvalho entre os da Azenha e os de Nóia pelo ClicRBS; navegando pela web encontro um blog muito legal que vai para a lista de parceiros contraculturais: Soco no Figo, do Paulo César Nascimento.
Do Soco no Figo chego ao Corporativismo Feminino, idealizado por sete mulheres.
No blog, a melhor campanha da web: Não Finja Orgasmo!
"NÃO FINJA ORGASMO!
Essa é uma campanha de utilidade pública para todas as mulheres.
Ao fingir orgasmo, você:
- Permite que alguns homens permaneçam RUINS na cama e, posteriormente, não se esforcem para a melhoria de sua performance.
- Ajuda na estima de homens que não são dignos do mérito.
- Contribui para a não-evolução do homo sapiens na cama. Pensem nas suas netas!
- Colabora para que mulheres engordem. Afinal, sem orgasmos múltiplos, vamos recorrer a barras e barras de puro chocolate libertador.
- Compactua com o orgulho de um macho que não é merecedor.
- Afasta o desejo do homem se aperfeiçoar."

10 comentários:

A.Beheregaray disse...

Puxaa, menos!
Olha lá a luta entre orgasmos zeros e múltiplos orgasmos. A mulherada vai de um extremo ao outro. É preciso um pouco de imaginação...
Fingir também não dá, mas não é o cara que te dá o orgasmo. Ele pode ser muitooo bom de cama e não rolar, ou o contrário, ele pode ser, teoricamente, péssimo e vc acabar tendo um maravilhoso orgasmo com o sujeito. Orgasmo é dupla, química. Vou continuar lá no meu blog...

Érica, disse...

Hahaha, eu amei!
Vou roubar para meu blog!

Thayara Castelo Branco disse...

que campanha hein mestre! hahahahaha adorei! temos que ser "super sinceras"!

Anônimo disse...

Passou no Jô, então fui assistir ao filme por causa da cena! É engraçado demais. E a última frase?Mas em relação a campanha, faço uma advertência, DÚVIDO que os homens subsistam a tanta sinceridade...

http://www.youtube.com/watch?v=WsPpYuWEmPI

SC disse...

Não me pareceu, em nenhum momento do texto da campanha, que o homem fosse 'responsabilizado' pelo orgasmo feminino. Pelo contrário, a fina ironia do texto deixa esta possibilidade no ridículo.
Embora, no senso comum dos machos, isso possa ser uma variável constante - 'ser o responsável pelo orgasmo'.
Assim, ao simplesmente não fingir (para quem se finge? é outra questão interessante), cria uma situação de confrontação, colocando a 'onipotência masculina' no seu devido lugar. Qual o devido lugar: o lugar de que não é ele o responsável (mas que pode dar uma ajudinha)

SC disse...

"Harry and Sally". Grande filme, cena clássica.

GWB disse...

adorei o parceria blogueira de contra cultura
quero fazer igual, mas n sei se todos vao achar bom chamar parceria
abraço!

SC disse...

guta, faça, sem problemas.

Amilton disse...

estão falando de mim???

Anônimo disse...

eu só consigo rir! Fiquei sem jeito...