Livros e Artigos

[disponibilizo livros e artigos para download em Academia.edu e Scribd]

Páginas

quarta-feira, 19 de maio de 2010

Orgulho Louco


SEMANA DA LUTA ANTIMANICOMIAL
Há 20 e poucos anos, o dia 18 de Maio (Dia Nacional da Luta Antimanicomial) é celebrado em todo o país com manifestações públicas de organizações da sociedade que lutam pelo fim do preconceito e pela garantia dos direitos à cidadania de sujeitos com sofrimento mental.

Programação:
19/05 - Seminário 20 anos de Luta Antimanicomial na Bahia, às 09 horas, no Espaço Cultural da UCSAL - Federação
20/05 - Sessão na Câmara do Vereadores, ás 09 horas, Praça da Sé. São Paulo.
Feira de artesanato dos CAPS, a partir das 09 horas até a tarde (espaço anexo à Câmara)
21/05 - Feira de artesanato dos CAPS, a partir das 09 horas até a tarde (espaço anexo à Câmara)
Ato pela Luta Antimanicomial (CAPS Ia, CAPS II Liberdade e demais serviços), a partir das 14 horas, Praça da Soledade, Liberdade.
22/05 - III PARADA DO ORGULHO LOUCO, a partir das 09:30h, Concentração no Morro do Cristo - Barra. Rio de Janeiro

2 comentários:

Fabiane Simioni disse...

Bubu é um poeta com doze internações em manicômios judiciários. Ele desafia o sentido dos hospitais-presídios, instituições híbridas que sentenciam a loucura à prisão perpétua. O poema A Casa dos Mortos foi escrito durante as filmagens do documentário e desvelou as mortes esquecidas dos manicômios judiciários. São três histórias em três atos de morte. Jaime, Antônio e Almerindo são homens anônimos, considerados perigosos para a vida social, cujo castigo será a tragédia do suicídio, o ciclo interminável de internações, ou a sobrevivência em prisão perpétua nas casas dos mortos. Bubu é o narrador de sua própria vida, mas também de seu destino de morte.
http://www.acasadosmortos.org.br/

Marco Antônio Preis disse...

É demais esse filme!