Livros e Artigos

[disponibilizo livros e artigos para download em Academia.edu e Scribd]

Páginas

sábado, 2 de outubro de 2010

Apego Subjetivo ao Castigo

"Perdemos nesses últimos anos a capacidade de imaginar um mundo sem pena, sem castigo, sem prisão. Pandemônio: é isso que estamos vivendo. Eu estava conversando com um poeta libertário maravilhoso, que não conseguia imaginar o mundo sem a prisão: nós estamos com um apego subjetivo ao castigo" (Vera Malagutti de Souza Weglinski Batista)

5 comentários:

Mari disse...

A Verinha é A cara. Pensadora impressionante, pessoa impressionante. E eu ainda tive o enorme prazer de tê-la na minha banca de mestrado...

Marcelo Mayora disse...

Muito bom.

Débora Almeida disse...

Grande Vera!

Rafael S. de Faria, Advogado. disse...

Interessante porquanto acabei de terminar um artigo da especialização sobre a concepção de vingança da pena; logo postarei no meu blog: rafael-direitopenalehumanismoblogspot.com

Clarissa de Baumont disse...

"(...)os homens punem e se punem com base nos ditames de uma justiça interior que tenta por via largamente inadequada, porque inconsciente e emocional, resolver as suas contradições instintivas, sentidas como culpáveis". (Gulotta, Guglielmo. Dinâmica Psicossocial da Decisão Judicial. Citado por: DIVAN, Gabriel. Decisão Judicial nos Crimes Sexuais - o julgador e o réu interior. Porto Alegre: Livraria do Advogado Editora, 2010.)